Indicação de filme:A Garota Dinamarquesa (e um pouquinho sobre identidade de gênero)

Olá, pessoal! O post não vai ser de livros, mas sim de um filme sensacional que eu assisti por agora. Apesar do foco do blog ser livros, sempre vou falar sobre qualquer tipo de entretenimento ❤ O filme é A Garota Dinamarquesa, que conta no elenco o INCRÍVEL Eddie Redmayne ( que concorreu ao Oscar de Melhor Ator) e  Alicia Vikander. Quer saber mais sobre esse filme e minha opinião? Então continue lendo 🙂

the danish girl

“Identidade de gênero se refere ao gênero em que a pessoa se identifica (i.e, se ela se identifica como sendo um homem, uma mulher ou se ela vê a si como fora do convencional), mas pode também ser usado para referir-se ao gênero que certa pessoa atribui ao indivíduo tendo como base o que tal pessoa reconhece como indicações de papel  social de gênero (roupas, corte de cabelo, etc.)”

Einar e Gerda são um casal de pintores. Contudo, enquanto Einar está tendo sucesso e valorização em seu trabalho, Gerda ainda está a procura do que realmente deve pintar. E,  em um dia em que uma das suas modelos faltou, o marido se veste de mulher para ajudá-la a terminar o seu quadro. Ao usar vestidos, perceber a beleza dos tecidos, Einar se identifica com aquilo tudo. Ele se sente como uma mulher, ele quer se vestir, se portar, se mostrar ao mundo como uma mulher. Gerda pinta diversos quadros de Lili Elbe, a mulher que Einar se tornou.

Maravilhoso. Eu não consegui ter palavras para descrever esse filme, que mostra a identidade de gênero de forma delicada e profunda. Mostra que a pessoa realmente não se sente confortável no próprio corpo, ela não se identifica com que ela vê no espelho. E não é um tabu ou algo absurdo, muito pelo contrário. Todos nós devemos buscar pela aceitação pessoal e se sentir bem conosco, e nada podemos fazer se não nos sentimos como o nosso corpo se apresenta. O que vem de dentro deve se mostrar por fora.

the danish girl 2.gif

Mostra também, no entanto, a confusão interna que essa não identificação causa. Afinal se você é um homem, porque deveria se sentir e querer ser uma mulher (ou vice -versa)? Einar consulta vários médicos para saber o que está acontecendo e, em 1920, ninguém consegue saber a resposta. Eu acho isso completamente psicológico, e adoro isso! Demonstra a complexidade e imensidão humana.

Além de tudo isso, o Eddie Redmayne foi fantástico. É impressionante a sua capacidade de incorporar um personagem, os sentimentos são tão reais e demonstrados com tanta clareza. Isso com certeza contribui bastante para a qualidade do filme.

Resumindo, é um filme que vale a pena. Eu recomendo, de todo coração, que vocês assistam. Espero que vocês tenham gostado do post, e eu irei postar mais sobre filmes por aqui. Obrigada pela atenção ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s